Escolha uma Página

Curiosidades sobre o Pug

Pugs são conhecidos por sua cabeça grande redonda, com focinho achatado e extensas pregas na testa. Dizem que a prega vertical na testa parece o ideograma chinês para “príncipe” e por isso é conhecida como a “marca do príncipe.” Com altura variando entre 10 e 28 cm e o peso entre seis e oito quilogramas, eles possuem uma pelagem dupla curta, mas muito densa. As cores podem variar de damasco a fulvo, prata e preto. Todos os cães, exceto os pretos, têm uma máscara escura e orelhas com um traço escuro descendo pelo dorso. As orelhas têm a textura de veludo preto.

A raça tem origem na China e foram então transportados para a Holanda pelos navios mercantes da Companhia Holandesa das Índias Orientais. Em 1572, um Pug soou o alarme que salvou o príncipe William dos soldados espanhóis que se aproximavam, e desde então a raça esteve para sempre ligada à Casa de Orange.

A esposa de Napoleão tinha um Pug de estimação, e o duque e a duquesa de Windsor tiveram um Pug como companheiro real. A Inglaterra Vitoriana adotou os Pugs como a última moda canina e muitos podem ser vistos nas pinturas daquela época.

Esses cães são bem descontraídos, não muito afeitos a latir, cavar ou mastigar extensivamente. Tendem a se dar muito bem com outros cães e crianças. Eles gostam de companhia e podem ser bem afetuosos. Fiéis ao seu grupo, eles são bons cães de companhia.

Cuidados com o Pug

Os Pugs são cães com tendência a obesidade, então o tutor deve fornecer rações específicas para a raça nas quantidades recomendadas pelo fabricante e fazer exercícios com o cão com frequência. Como tem o nariz achatado, tem dificuldade respiratória e deve se evitar sair em horários muito quentes ou lugares com muita umidade. Os olhos são sensíveis e bastante expostos, deve se tomar cuidado com traumatismos nessa área.

A pelagem é fácil de manter, mas há bastante queda de pelo que pode ser controlada com escovações diárias ou passar a mão com luvas removedora de pelos, a limpeza das pregas faciais e dos olhos com lenços umedecidos sem perfume ou algodão com solução fisiológica.

Problemas comuns do Pug

O Pug é propenso a uma série de doenças devido a forma achatada da sua face, onde pode haver dermatites na pregas faciais, dificuldade respiratória devido ao nariz pequeno, colapso traqueal, palato alongado, tem tendência a desenvolver outros sintomas respiratórios, como roncar e doenças pulmonares.

Como tem olhos mais expostos, o tutor deve se precaver contra traumas oculares, ceratite, úlcera de córnea e glaucomas.

São propensos a obesidade e as consequências dela como diabetes, essa gordura sobrecarrega os ossos e articulações, levando a lesões em quadril, patela e articulações.

Pugs tem doenças neurológicas que podem causar morte rápida, se o tutor observar dificuldade ao caminhar, ao comer , andar em círculos ou convulsões, deve procurar seu Médico Veterinário de confiança rapidamente.

Ficou alguma dúvida?

A Médica Veterinária Geovanna Dal Piva (CRMV/SC 2728) é responsável por cuidar da saúde do seu 🐶 PET 🐱 aqui na Saúde Animal.
Precisou de Consulta Veterinária? Vacinas? Banho e Tosa?
LIGUE 👇🏻 e Agende Seu Horário!
📞 (49) 3226-1324 | 📲 (49) 98411-0450
📫 Av. Dom Pedro II, 299 – Coral, Lages- SC (Anexo ao Marin)